ico mapa site Mapa do Site            ico rss Assine nosso Feed              yt ico
feed-image RSS
12/12/14

CNTU caminha ao lado da sociedade brasileira

Papel social da confederação foi destacado à abertura da 7ª Jornada CNTU, no dia 12 último

12122014-171546-cntu12dez201412122014-171546-cntu12dez2014

À abertura da 7ª Jornada CNTU, na tarde desta sexta-feira (12/12), no auditório do SEESP, na Capital paulista, o presidente da confederação, Murilo Celso de Campos Pinheiro, fez uma breve retrospectiva das ações da entidade em 2014, destacando, por exemplo, o debate realizado com ex-ministros e atual titular do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) para a valorização desse órgão governamental, assim como vários eventos em defesa dos profissionais liberais. “A CNTU prova que caminha ao lado do povo brasileiro”, comemorou, ao mesmo tempo em que falou da criação de 15 novos departamentos da entidade que vão ajudar nessa política: alimentação saudável, bioética e direitos humanos, Brasil 2022, cidades e mobilidade, ciência e tecnologia e inovação, conjuntura econômica, cooperativismo, educação continuada, formação sindical, jovem profissional, meio ambiente e Amazônia, mulheres, qualidade na saúde pública, relações internacionais e valorização profissional.

Na sequência, a vice-presidente da entidade, Gilda Almeida, fez o lançamento da revista “A CNTU e a luta das mulheres”, que apresenta diretrizes para uma política de gênero no sindicalismo de profissionais universitários. Ela ressaltou que a publicação foi uma construção coletiva com a participação de “várias mãos de mulheres e homens” e pretende ajudar, inclusive, o debate na sociedade. E destacou: “Sem a mulher no campo do trabalho, da saúde e da política não é possível transformar essa sociedade para termos mais justiça e igualdade.”

Almeida lembrou que o trabalho, que culminou com a revista, começou na comemoração do dia 8 de março de 2013 quando foi constituído o Coletivo de Mulheres da entidade, da qual é coordenadora. “Consolidamos o compromisso da nossa entidade com a luta pela igualdade de gênero e pela emancipação feminina e o combate a todas as formas de violência e discriminação”, observou.

O deputado federal Arnaldo Jardim (PPS-SP), presente à abertura, parabenizou toda trajetória recente da CNTU que, em tão pouco tempo de existência, deu contribuições valorosas aos grandes debates do País, desde energia, ciência e tecnologia, alimentação e meio ambiente, e conclamou aos profissionais liberais que constituem a entidade – engenheiros, economistas, farmacêuticos, odontologistas, nutricionistas e médicos – a ajudarem a pensar os grandes desafios do País em 2015. “Vamos ter um ano difícil em termos de reorganização da economia que a CNTU deve contribuir.” E apresentou uma sugestão para que a confederação se engaje numa campanha contra o desperdício no consumo de água, energia e alimentos. Jardim, todavia, disse que não estava reduzindo os problemas enfrentados, por exemplo, na crise dos recursos hídricos do Estado de São Paulo que precisam também de correções estruturais.

Encerrando a primeira parte do evento, Ernane Silveira Rosas, presidente da Federação Interestadual dos Nutricionistas dos Estados de Alagoas, Bahia, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco e São Paulo (Febran), apresentou o vídeo “Alimentação Saudável - contra o uso abusivo de agrotóxicos”, definindo-o como o “primeiro fruto” do trabalho da categoria na CNTU. O documentário foi produzido, explicou o dirigente, a partir da 5ª Jornada Brasil Inteligente, realizada em junho último, com o tema “Alimentação nas Eleições 2014”, cujo objetivo foi apontar a situação observada no País nesse setor e propor políticas públicas que promovam a segurança alimentar dos brasileiros. Rosas esclareceu que a entidade não é contra o uso dos agrotóxicos, mas questiona o uso indiscriminado e sem a adequada vigilância “de tanto veneno na produção dos nossos alimentos”. Para ele, apenas uma minoria ganha altos lucros com essa política, e perde a maioria, como os seres humanos e o planeta. 

O vídeo, explicou o dirigente, tem o propósito de ajudar as pessoas a pensarem sobre a situação. “Nós, nutricionistas, temos preocupação com a saúde e a alimentação saudável.” E completou: “Precisamos pensar numa legislação para coibir o uso abusivo dos agrotóxicos nos campos brasileiros.”

 

Participaram da mesa de abertura da 7ª Jornada CNTU: o presidente da federação dos Odontologistas, José Ferreira Campos Sobrinho, e do Sindicato dos Economistas no Estado de São Paulo, Pedro Afonso Gomes e os diretores das federações dos farmacêuticos, Célia Chaves, e dos engenheiros, José Ailton Pacheco. Na sequência, aconteceu a posse dos novos membros do Conselho Consultivo da entidade, a plenária que discutiu o projeto Brasil 2022 e a entrega do prêmio Personalidade Profissional.

 

Rosângela Ribeiro Gil - Imprensa Seesp



+ Notícias

Adicionar comentário

Ações

Uma iniciativa da CNTU em prol do desenvolvimento nacional e do bem-estar da população. São oito temas para ajudar a mudar o Brasil.

Saiba mais

Biblioteca CNTU

Um espaço para você encontrar facilmente informações organizadas em apresentações, artigos, legislações e publicações.

Saiba mais

AGENDA

 SDS Edifício Eldorado, sala 108 - Brasília/DF

Tel (61) 3225-2288

© Copyright 2015 - Confederação Nacional dos Trabalhadores
Liberais Universitários Regulamentados 
Fundada em 27 de dezembro de 2006.